Diversos

Conheça as revelações do Anonymous que fizeram história

Após a morte de George Floyd na última semana, o grupo de hackers Anonymous está prometendo fazer revelações comprometedoras sobre a polícia dos EUA. No final da noite passada (01), o grupo chegou a divulgar documentos e informações pessoais de Bolsonaro e seus apoiadores. O símbolo do grupo é a máscara com o V de vingança e eles já fizeram revelações de casos obscuros anteriormente.

No domingo passado (31), os Anonymous gravaram um vídeo com a seguinte fala “Policiais que matam pessoas e cometem outros crimes precisam ser responsabilizados, como todos nós. Caso contrário, eles acreditarão que têm licença para fazer o que quiserem. Você vai dizer que este é apenas o trabalho de algumas maçãs podres, mas o que falar de oficiais que não fazem nada enquanto cometem ofensas contra as pessoas que encontram?”

Casos de atuação do Anonymous

Page de acometidos por epilepsia

O grupo hackeou um site de vítimas da doença em 2009, e publicou imagens que causavam mau estar e enxaqueca aos doentes de epilepsia.

Pedofília

Os Hackers do grupo denunciaram 190 endereços de IP’s de usuários que supostamente praticavam atos de pedofília na internet. A operação comandada pelos Anonymous foi denominada de  “Operação Darknet”.

Tom Cruise e Cientologia

Fazendo ataques a alguns sites de religião, o grupo que invade páginas web ficou bastante conhecido. Os Anonymous entenderam como censura, o fato de ter sido retirado da internet um vídeo que o ator Tom Cruise pregava em uma igreja. O grupo chegou a comandar protestos de rua, onde os participantes usavam a máscara do V de vingança.

Mastercard, visa e Paypal

No ano de 2010, os Anonymous derrubaram o sistema do Paypal, Mastercard e Visa. O ataque foi feito quando o Wikileaks, que também era ativo por hacker, organização criada por Julian Assange, foi boicotado por empresas financeiras. A retaliação aconteceu por que a organização divulgou informações altamente confidenciais do governo.

A Primavera Árabe

Os Anonymous agiram derrubando sites do governo sírio e egípcio, durante os protestos de 2010 no Oriente Médio e no Norte da África. A equipe de hackers também revelou informações sigilosas dos governos opressores e seus militares.

1 comentário

  1. Matéria fantástica, p variar!!! Aqui no Brasil, também o temos e eles acabaram de invadir os dados de Bolsonaro e outras autoridades

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: