Diversos

Jornalista reclama da cobertura de William Waack em atos antiracistas na CNN Brasil

Foto: Reprodução

Na última terça-feira (02), Alexandra Loras, jornalista e ex-consulesa francesa, citou no ar de forma negativa, a participação de William Waack na cobertura das manifestações antiracistas. A revolta de Loras, se dá ao fato de William ter sido demitido da Rede Globo em 2017 por fala racista em vídeo vazado.

Alexandra citou que “Hoje, a CNN e toda mídia brasileira têm o poder de convidar acadêmicos negros para conversar sobre essa temática. Quando vejo o William Waack, que foi mandado embora por um episódio de racismo, e hoje ele debater tanto tempo sobre o racismo… Eu acho que deveríamos também convidar negros para debater sobre essas questões”, de acordo com publicação do portal Uol.

Em 2018 Waack se retratou

No início do ano de 2018, foi publicado no jornal A Folha de S. Paulo, um artigo onde o jornalista pediu desculpas “Aquilo foi uma piada —idiota, como disse meu amigo Gil Moura—, sem a menor intenção racista, dita em tom de brincadeira, num momento particular. Desculpem-me pela ofensa; não era minha intenção ofender qualquer pessoa, e aqui estendo sinceramente minha mão”. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: