Coluna Saúde

Nova variante do Coronavírus é confirmada em terras brasileiras

A Secretária Estadual de Saúde de Santa Catarina, confirmou nesta última quinta-feira (11), o primeiro paciente com a nova variante da Covid-19, alarmando a todos os órgãos de saúde de níveis nacionais e internacionais. Os especialistas afirmam que a nova mutação possa estar em mais outros 10 Estados Brasileiros e tendo sua origem na Capital Amazonas, Manaus. Do pouco que se sabe sobre a nova Cepa e que ela tem alto poder de transmissão.

Enquanto toda a população está apreensiva e com um novo ar de esperança com a chegada das vacinas, novas mutações vão surgindo nos lembrando que ainda não vencemos a batalha.

Os especialistas afirmam que a letalidade da nova mutação chamada até então de P.1 vai de 30% à 70% de letalidade, comparando com o vírus já existente. Os cientistas garantem que as vacinas são eficazes para o vírus atual, mas novas variantes podem diminuir a eficácia dos imunizantes. O que é mais preocupante é que as pessoas mesmo já imunizadas, podem ter a reinfecção.

Enquanto mais de 239 mil pessoas perderam suas vidas, tem quem ainda ache que o vírus é uma brincadeira. No último final de semana, que normalmente seria o Carnaval, em todo o Brasil, prefeituras de diversas capitais cancelaram os famosos blocos de rua que concentravam milhares de foliões para evitar aglomerações. Mesmo com toda a fiscalização, ocorreram muitas festas clandestinas em diversos lugares do país. Em uma delas, na noite do último sábado (13), na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, uma operação realizada por policiais interrompeu um desses eventos com mais de 300 pessoas. A maioria idosos sem nenhum distanciamento e uso de máscaras.

Divulgação/Divulgação

Daí já se tira a falta de conscientização, além de serem de grupo de risco, não estão tomando seus devidos cuidados.

Quais são os principais sintomas da nova variante?

Eles são similares ao do vírus atual, dentre eles são: febre, tosse, dor de garganta, fadiga e dores musculares. E para se prevenir é preciso sempre que sair de casa usar à máscara. O ideal é que se for demorar muito, levar uma máscara reserva para trocar depois de 4 horas de uso. Usar sempre álcool gel, lavar as mãos com sabão ou detergente e evitar locais fechados com aglomeração. Juntos venceremos essa batalha.

Divulgação/Divulgação

26 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: