Doação de Sangue: gotas de esperança que salvam vidas2 min read

Tempo de leitura: 1 Minute
Foto: Reprodução: Internet

Junho se iniciando e o mês é todo dedicado para conscientização de doar sangue, o tão conhecido: JUNHO VERMELHO. A Campanha foi criada em 2015, tendo a iniciativa do Movimento “Eu Dou Sangue” lançada em São Paulo, e com sua grande importância abrangendo nacionalmente para fazer com que a população possa salvar vidas e colaborar com as famílias brasileiras.

Quem pode ser doador

A doação é simples, rápida e segura, mas há regras de quem pode doar:

– Pessoa com idade entre 18 e 69 anos e que pese mais de 50 quilos;

– Jovens de 16 ou 17 anos também se enquadra a doar, portanto é preciso a orientação dos pais ou responsáveis;

Foto: Divulgação/Hemoam

O que os doares precisam saber

Abaixo você confere alguns dos critérios a ser seguido:

– Ter se alimentado antes do procedimento, mas é preciso evitar o consumo de comidas com excesso de gordura 3 horas antes da doação;

– Estar descansado, a pessoa deve ter dormido pelo menos 6 horas no último dia;

O que pode impedir você a doar

– Gripe, resfriado e febre;

– Infecção pela COVID-19;

– Período de gestação;

– Período pós-gravidez;

– Amamentação;

– Tratamento dentário cirúrgico;

Mesmo com a pandemia a campanha continua, com protocolos rígido para sua segurança e se você faz parte do grupo de prioridade, colabore.

Ao ir no Hemocentro mais próximo da sua cidade, leve um documento oficial com foto (RG, CNH ou Carteira de Trabalho). DOE SANGUE! DOE VIDA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *