Hector Marks Fala Sobre Participação No Projeto “Pagode Do Jeito”, Do Grupo Jeito Moleque3 min read

Tempo de leitura: 3 Minutes

Hector participou do “Pagode do Jeito”, projeto audiovisual que traz regravações marcantes do grupo Jeito Moleque, cantando a música “Hoje a Noite é Nossa”, sucesso do grupo que faz parte do álbum “Me Faz Feliz (Ao Vivo)”, lançado em 2005

O cantor e compositor Hector Marks encerra 2022 como mais gosta: com pagode e ao lado de amigos! Recentemente foi lançado “Pagode do Jeito”, projeto audiovisual que traz regravações marcantes do Jeito Moleque, e Hector Marks foi um dos convidados especiais, cantando a música “Hoje a Noite é Nossa”, sucesso do grupo que faz parte do álbum “Me Faz Feliz (Ao Vivo)”, lançado em 2005. 

Gravado no Vitrinni Lounge, em São Paulo, o lançamento traz também as participações de Leiz (Turma do Pagode), Dodô (Pixote), Éder Miguel (Doce Encontro), Sebá (Inimigos da HP), Billy SP e Uan (Os Travessos).

“Foi uma honra participar desta gravação com os meus amigos do Jeito Moleque”, afirmou Hector. “Posso dizer que realizei mais um sonho! Cresci ouvindo o grupo… eles foram e são muito importantes nesse meu processo artístico! Hoje eu tenho o privilégio de chamá-los de amigos e mais, a honra de fazer parte desse projeto lindo!”, completa.

Com quase 24 anos de trajetória e mais de 1.3 milhão de ouvintes mensais no Spotify, o Jeito Moleque nasceu na zona norte de São Paulo, em Santana. Atualmente formado por Gui Albuquerque (voz), Carlinhos (cavaquinho e vocal), Felipe (violões, banjo e vocal), Rafa (percussão e vocal) e Alemão (percussão e vocal), o grupo é, sem dúvidas, um dos maiores representantes do pagode no Brasil.  Considerado um dos principais fenômenos dos anos 2000, o Jeito Moleque segue levando seus sucessos em shows por todo o país.

“Pagode do Jeito” já está disponível no YouTube e em todos os apps de música.

Hector Marks voltou recentemente de duas turnês internacionais, onde levou seu show para a Europa e África. Seu mais recente trabalho lançado foi o o EP e audiovisual “Cantim Session”. Gravado ao vivo em São Paulo em março deste ano, o trabalho chegou com oito faixas – além das quatro já citadas, ele também trouxe quatro covers: “Embrasa”, sucesso de Luccas Carlos e Vitão; “Quero ser Feliz Também”, da banda Natiruts; “Várias Queixas”, hit dos Gilsons; e “Maravilha te Amar, do grupo Os Travessos. 

Sobre Hector Marks: 

Hector Marks, um dos novos nomes com maior destaque na cena do pagode no Brasil, começou sua carreira artística aos seis anos de idade, quando teve a oportunidade de acompanhar o cantor Alexandre Pires durante um ano nos shows do grupo Só Pra Contrariar no estado de São Paulo como cover infantil do artista. Um pouco mais velho, estudou teatro e resolveu ingressar na carreira musical de cabeça. Aos 20 anos gravou o seu primeiro EP com quatro faixas autorais e participou por quatro anos da banda FUN7.https://open.spotify.com/embed/track/08e568cgFdK95dZalJgbHJ?si=0964674bed634b5f&utm_source=oembed

Em carreira solo, já dividiu o palco com grandes nomes da música contemporânea nacional como Thiaguinho e gravou parcerias com artistas como Fiuk, MC Kekel, DJ Shark e Pele Milflows. Como compositor, é responsável por mais de 250 trabalhos musicais, com faixas que ganharam popularidade nacional na voz de diversos artistas – e na sua própria.

Hector divide alegria por onde passa e lota casas de shows em todo o país com seu repertório que transita entre o pagode, samba pop e brasilidades no geral, mas sempre com uma roupagem autoral. 

Dentre seus lançamentos musicais recentes com maior destaque estão as músicas “Raiou” (que já soma mais de 2.3 milhões de streams apenas no Spotify), “Roda Gigante” e “Tamo Solteiro” (esta sendo lançada no Carnaval/22). 

Redes Sociais e demais links:

Instagram

Youtube

Spotify

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *