Max & Luan unem o sertanejo e o rap em “Língua dos anjos”, parceria com a Tribo da Periferia

Tempo de leitura: 2 Minutes

Canção faz parte do repertório do DVD “Híbrido – Ao Vivo em Goiânia” e chega as plataformas digitais e no YouTube nesta sexta-feira (20) 

Max & Luan iniciam o ano de 2023 com mais uma faixa do DVD “Híbrido – Ao Vivo em Goiânia”. Trata-se da faixa “Língua dos Anjos”, em parceria com a Tribo da Periferia, que chega nesta sexta-feira (20), em todas as plataformas digitais e no YouTube.

Com composição da dupla ao lado do cantor Felipe Sales e Duck Jay, a música traz a mistura do sertanejo com algumas referências do reggae acústico e elementos do pop. Além da presença da gaita de boca nos arranjos, tornando a canção única no sertanejo.

“Nosso sonho desde sempre foi gravar com a Tribo da Periferia. Nos conhecemos pessoalmente em 2020 e quando começamos a planejar o DVD, convidamos eles para esse momento especial e fomos atrás de uma música, batida e som perfeito e chegamos em ‘Língua dos Anjos’, conta Max.https://onerpm.link/linguadosanjos?layout=oembed#?secret=gq5b8gV1ve

“A música fluiu muito bem e consideramos como um presente de Deus. É a mistura perfeita entre as poesias dos dois mundos, do sertanejo e Rap”, completa Luan.

“O rap e o sertanejo tem uma linguagem parecida e juntos florescem e diversificam uma cultura. A música traz essa poesia que gostamos de cantar. Fiquei muito feliz de participar do DVD dos meus amigos de coração. Só gratidão”, diz Duck Jay, da Tribo da Periferia.

“Híbrido – Ao Vivo em Goiânia”, traz a produção musical de Fábio Miranda, produção geral de Cleiton Márcio, fotografia e cenografia de Bruno Mello e direção de vídeo da Terra Produções.

Letra

Os sonhos eu beijei, mas sonhos não beijam bem … 

Acordei procurei 

Aquele beijo em alguém 

Ainda que eu falasse a língua dos anjos

Eu sei que nossos corpos iam se entender 

Eu sei que a gente junto é time grande 

O amor só entra em campo pra você 

Na rua 

Minha mão segura a sua 

Te molho feito chuva 

Quando a gente faz amor 

A lua 

Até pediu desculpa 

Inveja você nua 

Brilhando na hora do show 

Quando a gente faz amor

2ª parte: 

E eu te lendo em braile 

Uma sensação que dispensa todas as linguagens! 

É que a gente se entende de verdade! 

Meu idioma é minha loucura e a sua libertinagem! 

E eles vão dizer que a gente não tem nada a ver, que é só romance de lazer e que vai dar em nada! 

Fazer o que? Da proceder nesse rolê 

Beber até amanhecer 

Eu e você!

Na rua 

Minha mão segura a sua 

Te molho feito chuva 

Quando a gente faz amor 

A lua 

Até pediu desculpa 

Crédito: Marcel Bianchi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *